quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

MARANHÃO: PREFEITURA DE CONCEIÇÃO DE LAGO AÇU,DEFINE ESTRATÉGIA PARA COLOCAR TODOS O FUNCIONÁRIOS DA EDUCAÇÃO EM DIA

Imagens: Gilson.com

Railson Rios

Em reunião na tarde de ontem (16) na sede do Sinproesemma com a presença do procurador do município Dr. Robson Nascimento representando o prefeito Alexandre Lavepel, representantes da classe, e todos os funcionários da educação de Conceição do Lago Açu onde na oportunidade foi apresentada a estratégia do governo municipal para pagar os proventos atrasados dos mesmos.

Na reunião o procurador apresentou a situação financeira atual do nosso município e o repasse do mês de dezembro de 2017 para a educação foi insuficiente para sanar os salários e o décimo terceiro dos profissionais que tem de ser pago no mês de dezembro. O procurador disse ainda que diante a previsão dos recursos que foram repassadas por documentos oficias pelo Governo Federal e Confederação Nacional dos Municípios – CNM é de que no dia 31 de janeiro de 2018 os proventos de todos os funcionários efetivos da educação serão colocados em dia, ou seja, os meses de dezembro, janeiro e 1/3 de férias (15 dias).



A Prefeitura de Conceição do Lago Açu teve seu planejamento financeiro comprometido devido a um resgate ainda inexplicado que o governo federal fez no mês de julho de 2017 no valor de mais de meio milhão de reais. A prefeitura salienta ainda que os recursos que serão repassados no dia 20 de janeiro serão insuficientes para colocar todos em dia, e que somente o mês de dezembro de 2017 está em atraso e que com os recursos que serão repassados pelo governo federal no dia 31 de janeiro de 2018 poderá colocar os proventos em dia.

Na reunião também ficou fixado pelo governo municipal uma audiência pública com o legislativo assim que terminar o recesso para que haja uma prestação de contas dos recursos do FUNDEB do que entrou e onde foram aplicados.



O prefeito Alexandre Lavepel se mostra preocupado com a situação e disse que está trabalhando muito junto com a Secretaria de Educação e o financeiro do município para reverter à situação e espera que breve tudo volte ao normal, pois o desejo do mesmo não é prejudicar os profissionais, mais sim fortalecer a classe para que nossa educação trilhe o caminho do desenvolvimento.


(Fonte : Blog Lago Açu em Destaque)

Nenhum comentário:

Postar um comentário